Buscar
  • 3ª IPB Rio Claro

Pastoral sobre Oficialato


Diretrizes Constitucionais


Art.50 - O Presbítero regente é o representante imediato do povo, por este eleito e ordenado pelo Conselho, para, juntamente com o pastor, exercer o governo e a disciplina e zelar pelos interesses da Igreja a que pertencer, bem como pelos de toda a comunidade, quando para isso eleito ou designado.


Art.51 - Compete ao Presbítero: a) levar ao conhecimento do Conselho as faltas que não puder corrigir por meio de admoestações particulares; b) auxiliar o pastor no trabalho de visitas; c) instruir os neófitos, consolar os aflitos e cuidar da infância e da juventude; d) orar com os crentes e por eles; e) informar o pastor dos casos de doenças e aflições; f) distribuir os elementos da Santa Ceia; g) tomar parte na ordenação de ministros e oficiais; h) representar o Conselho no Presbitério, este no Sínodo e no Supremo Concílio.


Nota-se a seriedade e comprometimento necessários para o bom desempenho do presbiterato. Dessa maneira, a fim de nos prepararmos como igreja para a eleição vindoura de presbíteros, pensemos em cada uma destas virtudes, consideremos os nomes dos irmãos que mais se qualificam para o exercício desse oficialato, oremos por eles e pela igreja e votemos com a consciência clara de estarmos cumprindo as exigências da Palavra do Senhor. Consideremos ainda que as virtudes necessárias aos presbíteros não se restringem aos líderes, mas a cada membro da igreja que deseja glorificar o Senhor Jesus por meio do testemunho cristão.


A saúde de uma igreja começa com uma liderança saudável


Por isso a escolha e a eleição de presbíteros devem ser realizadas com muita responsabilidade diante de Deus. Tudo deve ser feito com oração e de acordo com os critérios ordenados pela Palavra de Deus.


Tito foi deixado em Creta com o objetivo de colocar em ordem alguns assuntos administrativos da igreja. O desafio maior era trazer a igreja de volta à pureza original do Evangelho de Cristo. O que chamaríamos hoje de revitalização de uma igreja local. A revitalização de uma igreja começa com a constituição de uma liderança espiritual e exemplar.


Não existe nenhum impedimento para que alguém aspire ser um presbítero na Igreja. Paulo diz: “se alguém aspira ao episcopado, excelente obra almeja” I Tm. 3.1. Almejar ou desejar ser presbítero não é pecado. A ênfase de Paulo, porém, não é no título ou na posição, mas no serviço. A pessoa deve desejar a excelente obra que precisa ser realizada, caso ele seja eleito para o ofício.


Postura da Igreja


A postura de cada um deve ser de aproveitar o seu tempo orando para que o Todo-Poderoso conduza este momento na mais perfeita paz. Que possamos ficar na dependência do Espírito Santo a fim de que elejamos aqueles que o Eterno separou para essa importantíssima missão. Oremos, ainda, para que os homens da igreja coloquem seu nome à disposição para participar desse processo ímpar.



Rev. Célio Gomes de Azevedo

0 visualização

Terceira Igreja Presbiteriana de Rio Claro

Rua Nove, 1983 - Santa Cruz - 13500-220

terceiraipbrc@gmail.com

(19) 3617.7879 | (19) 3617.7880

(19) 99657.5047

  • Facebook
  • YouTube