Terceira Igreja Presbiteriana de Rio Claro

Rua Nove, 1983 - Santa Cruz - 13500-220

terceiraipbrc@gmail.com

(19) 3617.7879 | (19) 3617.7880

(19) 99657.5047

  • Facebook
  • YouTube
Buscar
  • 3ª IPB Rio Claro

Palavra Pastoral aos Membros da Igreja


Art. 14 - São deveres dos membros da Igreja, conforme o ensino e o espírito de nosso Senhor Jesus Cristo: a) viver de acordo com a doutrina e prática da Escritura Sagrada. b) honrar e propagar o evangelho pela vida e pela palavra. c) sustentar a Igreja e as suas instituições, moral e financeiramente. d) obedecer as autoridades da Igreja, enquanto estas permanecerem fiéis às Sagradas Escrituras. e) participar dos trabalhos e reuniões da sua Igreja, inclusive assembleias.

Destacamos:


a) Todo verdadeiro cristão deve viver pela luz do Evangelho de Cristo: suas convicções devem emanar das Escrituras (Jo 5.39); seu trabalho pelo Reino deve ser sua prioridade (Mt 6.33); e seu amor por Jesus Cristo deve ser seu maior prazer (Hb 12.2)!


b) Todo verdadeiro cristão deve servir de exemplo: seu testemunho deve falar mais alto (Fp 1.27); suas ações devem ser louváveis; e seu caráter deve exalar o ‘bom perfume de Cristo’ (II Co 2.15).


c) Todo verdadeiro cristão deve sustentar sua igreja: sua contribuição financeira deve ser de coração (II Co 9.7); sua generosidade deve ser natural; e seu zelo pela igreja de Cristo deve ser constante (Hb 10.25).


d) Todo verdadeiro cristão deve obediência às autoridades: sua obediência deve revelar humildade; sua consideração deve mostrar respeito; e a submissão uns aos outros deve manifestar dignidade.


e) Todo verdadeiro cristão deve participar dos trabalhos da igreja: sua presença deve ser por responsabilidade; sua participação deve ser voluntária; e seu incentivo deve ser verdadeiro. Em outras palavras: “Maldito aquele que fizer a obra do SENHOR relaxadamente!” (Jr 48.10)


Procure chegar adiantado e não atrasado. Permaneça nas aulas e nos cultos e não fique saindo em todo momento. Evite conversas paralelas, pois isso é desrespeitoso. Não fomente coisas que não edificam. Sirva você mesmo de exemplo aos demais. Busque auxiliar aquilo que na igreja está deficiente. Valorize as pessoas que estão ao seu lado. Seja acolhedor com os nossos visitantes. Auxilie aquele que está em dificuldade. Ame a Jesus Cristo, nosso Senhor. Ame a Sua igreja, a noiva do Cordeiro. Amemos uns aos outros.

Que tenhamos o mesmo sentimento contido no Salmo 40.8: “agrada-me fazer a tua vontade, ó Deus meu”.



Rev. Célio Gomes de Azevedo

4 visualizações