Terceira Igreja Presbiteriana de Rio Claro

Rua Nove, 1983 - Santa Cruz - 13500-220

terceiraipbrc@gmail.com

(19) 3617.7879 | (19) 3617.7880

(19) 99657.5047

  • Facebook
  • YouTube
Buscar
  • 3ª IPB Rio Claro

Na Hora Exata

“Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento” - 2Pedro 3.9

Nem um minuto antes nem um minuto depois. Nem antes da hora nem depois da hora. Nem com adiantamento nem com atraso. Na ocasião certa, no tempo certo, no ano certo, no mês certo, no dia certo, na hora certa. Essa pontualidade é característica de Deus, e não dos seres humanos.


O Salmo 107 conta que os cativos da Babilônia, depois de perder toda a esperança, no seu desespero, clamaram ao Eterno e “ele os livrou na hora exata” (v.6).


Na hora exata, Abraão viu um carneiro preso pelos chifres no meio de uma moita e o ofereceu em sacrifício no lugar de Isaque (Gn. 22.13), prefigurando o que, no futuro, no tempo certo, seria o sacrifício de Jesus na cruz do Calvário.


Na hora exata, a filha de Faraó foi tomar banho no rio Nilo e viu a cesta na qual estava Moisés. Na hora exata, Miriam se encontrou com a princesa e ofereceu os préstimos de sua mãe para cuidar do menino (Êx. 2.1-10). Tudo convergiu em favor do plano de Deus.


Na hora exata, Deus abriu o Mar Vermelho, enviou uma coluna de nuvem durante o dia e uma coluna de fogo durante a noite, e começou a fazer chover maná todas as manhãs (Êx. 14.19-31;16.4), alimentando assim o seu povo com doses exatas de comida.


Na hora exata, Deus enviou ao mundo pela primeira vez o seu Filho em forma humana (Gl. 4.4), cumprindo assim os eternos propósitos do Pai e “derrubando a parede de separação que estava no meio, a inimizade” (Ef. 2.14). Na “dispensação da plenitude dos tempos” (Ef. 1.10), no dia e na hora exatos e não revelados, Deus o enviará pela segunda vez, com poder e muita glória (Mt. 25.13), para concluir, em definitivo, a obra que ele começou desde a “fundação do mundo” (Ef. 1.4).


Oração: Senhor, que eu não seja dominado nem pela ansiedade nem pela passividade, mas sim pela segurança de que tudo acontece segundo o teu propósito.




(Extraído e adaptado do livro: Devocionário Refeições Diárias - 1° de Janeiro)

0 visualização