Terceira Igreja Presbiteriana de Rio Claro

Rua Nove, 1983 - Santa Cruz - 13500-220

terceiraipbrc@gmail.com

(19) 3617.7879 | (19) 3617.7880

(19) 99657.5047

  • Facebook
  • YouTube
Buscar
  • 3ª IPB Rio Claro

Ansiedade e Futuro

“Sabendo, pois, Jesus que todas as coisas que sobre ele haviam de vir, adiantou-se e perguntou-lhes: A quem buscais? Responderam-lhe: A Jesus, o Nazareno. Então, Jesus lhes disse: Sou eu.” - João 18.4-5

Jesus sabia o que estava para acontecer. Sabia do seu sofrimento, vergonha, dor e morte. E, mesmo diante de um quadro assim, Ele adianta o futuro, vai ao seu encontro, não teme a morte. É um gesto de extrema coragem e segurança. Sabe o que vem pela frente e, mesmo sabendo, antecipa-o e o enfrenta. Assim era o futuro para Jesus, descortinado, aberto, claro. Na verdade, o futuro lhe pertencia, não estava entregue às forças do caos, nem era um inimigo que precisava ser desarmado e rendido.


O futuro sempre nos apavora, cria sensações de medo e desconfiança. Muitos usam as religiões para saber o futuro, encontrar formas de driblá-lo, mudá-lo, domesticá-lo. Buscam videntes, profetas, magos e bruxos. Jesus apenas o recebe como parte de sua vida, dos planos e propósitos amorosos do Pai. Se é a Ele que buscam, Ele se adianta, oferece-se, entrega-se. Não teme os soldados, a prisão, a cruz. O futuro não pertence aos guardas, nem a Pilatos e muito menos aos sacerdotes. Sempre pertenceu ao Pai e ao cumprimento dos seus propósitos.


Como você recebe seu futuro? Descansa e aguarda a revelação de Deus ou é tomado por ansiedade e procura formas de controlá-lo? Lembre-se hoje das suas ansiedades, medos e temores quanto ao dia de amanhã. Entregue-os em oração ao Pai e procure descansar, confiadamente, na certeza de Seu amor e cuidado.


“Senhor, junto a ti estou seguro. Quando tu me seguras, nada tenho a temer. Pouco sei do futuro, mas confio em ti. Dá-me o que for bom para mim. Tira de mim o que me poderá prejudicar. Ao surgirem preocupações e aflições, ajude-me a carregá-las. Dá que te conheça, que creia em ti e que te sirva.” (John Henry Newman, 1801-1890)


Oração: Pai, são muitas as ansiedades que tumultuam a minha alma. Medos, alguns infundados, outros frutos das previsões trágicas dos profetas do pavor. Mas hoje quero acolher o futuro como uma dádiva tua, recebê-lo sem temor, sabendo que ele a ti pertence e que nas tuas mãos posso repousar tranquilo. Amém.




Rev. Ricardo Barbosa

(Extraído: Devocionário Refeições Diárias)

0 visualização